APLICATIVOS HERTZ SERVIÇOS

HERTZ SERVIÇOS NAS REDES:

APLICATIVOS HERTZ SERVIÇOS

A Rádio a Serviço de Franca!

HERTZ SERVIÇOS

(16) 3704-7733

Felipe Araújo lança EP e aposta em volta do sertanejo ao topo: ‘Nunca vai perder espaço’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Depois do pé no freio nos lançamentos sertanejos ao longo da pandemia, algumas gravações e novidades estão chegando novamente ao mercado. E o novo trabalho de Felipe Araújo é um dos primeiros da lista.

O cantor gravou o DVD “Check” no final de maio, em Uberlândia, Minas Gerais, e, na segunda quinzena de junho, lançou um EP com cinco das músicas registradas. A primeira a ser trabalhada é “Amando individual” em parceria com o cantor Gusttavo Lima.

“A galera estava esperando esse feat há muito tempo”, diz Felipe em entrevista ao G1.

“E a gente fica muito feliz. O Gusttavo me manda mensagem dizendo: ‘caramba, a música ficou massa, ficou um hit’. E isso me deixa muito contente.”

Os lançamentos de Felipe acontecem exatamente no momento em que Wander Oliveira, empresário de Marília Mendonça e outras estrelas do sertanejo, previu que aconteceria a retomada do ritmo após o que ele chamou de recuo estratégico de investimentos no mercado.

Nesse período, o sertanejo perdeu terreno nos rankings musicais, que acabaram sendo dominados por ícones da pisadinha e do funk.

Felipe cita que o mesmo planejamento estratégico aconteceu em seu escritório, o EShow, no qual o cantor é um dos sócios.

“A gente perdeu esse meio de divulgação, que são os shows. E o sertanejo, pra máquina rodar, é muito caro. Sem a principal fonte de renda, que também são os shows, ficou meio complicado”, analisa o cantor, que aproveitou o período para focar em seu lado compositor.

“Consegui criar bastante, consegui compor demais. Eu tô muito contente com as músicas que a gente tem feito. Sou um cara que sou apaixonado por composição, e às vezes não dava tempo durante aquela correria, o batidão que a gente vivia.”

Retomada sertaneja
Para Felipe, com a chegada da nova safra de músicas sertanejas, o ritmo retoma o lugar ocupado atualmente pelos astros da pisadinha nas plataformas digitais.

“O sertanejo volta com tudo para o topo. Imagina quando todos os artistas que ficaram sem lançar músicas, lançarem da forma que a gente sempre lançou. Com uma estratégia muito legal. O sertanejo nunca vai perder espaço.”

“E acredito que tem espaço para todo mundo, na verdade. Não é uma competição”, afirma Felipe.

O cantor, que tem várias parcerias musicais com outros ritmos em seu currículo (a exemplo de “Atrasadinha”, com Ferrugem, e “Aerocorpo”, com Leo Santana), também sonha em se aliar com os astros do piseiro em breve.

“Não tenho previsão, mas tenho muita vontade de gravar música com Zé Vaqueiro, Barões da Pisadinha. A gente ainda não conversou sobre isso, mas acho que isso pode acontecer, sim.”

Esmiuçando o EP
Felipe diz que o novo álbum é um retorno ao início de sua carreira como cantor. “Reflete um pouco o começo da minha carreira solo ali no começo de 2015, primeiro DVD em 2016, tanto no arranjo quanto na melodia.”

Isso porque Felipe resgata a linha melódica do romantismo com um “quezinho de sofrimento”. Além de “Amando individual”, o EP traz as faixas:

“Me deu saudade de você” – “Ela é um sofrimento também, com um arranjo bem romântico. O estilo dela é um pouco diferente, mas é o que curto muito cantar e o que curto muito ouvir quando estou em casa.”
“Amor emprestado” – “Romântica. É uma bachata e tem um pouquinho de sofrimento nela também.”
“Esquece você” – “Um pouco romântica também. Fala ali de um relacionamento que está no final, na última chance pra dar certo ou pra dar errado. Lembra um pouco ‘A mala é falsa’, que é uma música que foi o primeiro sucesso da minha carreira.”
“Sorte no amor” – “É a mais diferente desse EP, a mais animada. Ela lembra uma música da Cyndi Lauper no arranjo e a gente fez isso justamente pra galera fazer essa associação, tirar essa referência.”

Em “Sorte no Amor”, Felipe mostra a força que as redes sociais têm, atualmente, nas criações musicais.

O sertanejo conta que a composição surgiu após uma brincadeira no TikTok na qual ele se reuniu com alguns amigos e, um a um, eles foram citando alguns motivos pelos quais já sofreram por amor.

“Fiz um vídeo com alguns amigos meus aqui e o compositor da música, que é o Thales Lessa, viu se inspirou e me mandou a música. Achei muito legal.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *